standard-title História

História

A consolidação da Diadora no segmento esportivo teve como base três fatores essenciais: o primeiro deles refere-se ao primoroso design italiano, que trouxe a cada nova linha da marca um estilo único. A constante evolução tecnológica permitiu aos produtos Diadora tornarem-se referência de qualidade e performance em todo o mundo; e o por último, mas não menos importante, o marketing esportivo realizado pela marca ao patrocinar grandes atletas colocou o nome Diadora no topo da elite esportiva.

Esta não é apenas uma história sobre esporte, triunfos e inovação, mas acima de tudo a saga de uma marca que sempre acreditou nos reais e verdadeiros princípios do esporte.

3- primeiros calcados 1- 1948 2-primeiros calcados

1948 – A marca Diadora é fundada por Marcello Danielli, em Caerano de San Marco, na Província de Treviso na Itália. A Diadora nasce como uma oficina que fabrica botas, que em pouco tempo, tornam-se as melhores botas de caminhada, alpinismo e de trabalho disponíveis no mercado.

4- 1960 - volumes industriais

1960 – Nesta década tem lugar a mudança de produção no mundo do desporto. Diadora distingue-se pela alta qualidade e pela vanguarda das suas soluções. A produção atinge volumes industriais importantes.

1070- 1- Bjorn Borg 1070- 2- Guilherme Vilas

1970 –O início dos anos 1970 é marcado pela explosão do desporto profissional. A Diadora é a primeira empresa italiana a desenvolver um novo conceito de marketing esportivo, que resulta na contratação de atletas campeões altamente atraentes como: Bjorn Borg, campeão de Wimbledon em 1976 e 1977 e Guilherme Vilas, campeão do Aberto de Tênis da França 1977. No ano de 1978, já consolidada em esportes como atletismo e tênis, a Diadora entra no mundo do futebol patrocinando jogadores, entre eles o famoso atacante Roberto Bettega. Neste mesmo ano, a marca passa a atuar em um novo mercado, o do lazer, ajudando a escrever não só a história esportiva desta década, mas também trazendo a seus consumidores uma nova opção, um novo estilo de vida.

1980 - 1- Pat Cash 1980 - 2 Antonio Cabrini 1980 - Zico

1980 –A Diadora foi protagonista indiscutível do desporto internacional, graças à sua parceria com atletas de classe mundial. Esta década é marcada pelo fenômeno sportswear que intensificou-se devido a ícones como Pat Cash, Andrea Zorzi, Francesco Moser e Antonio Cabrini. Figuras do esporte são as novas celebridades e seu estilo define a tendência. A marca embarca na diversificação de esportes e em patrocínios. No Brasil, a Diadora apoia o inesquecível piloto Ayrton Senna e o craque Zico que na época atuava no futebol italiano.

1990- 2- Gustavo Küerten 1991 - Ricardo Patresi 1994 - Giuseppe Signori

1990 – Nos anos 1990, atuando no patrocínio de jogadores de futebol, a marca apoia o italiano Roberto Baggio, eleito em 1993 o melhor jogador do mundo. Além dele apoiou o ex-jogador e treinador holandês Marco Van Basten, Gianluca Vialli e o artilheiro Giuseppe Signori. Em 1995, patrocina o tenista brasileiro Gustavo Küerten e se destaca ao lado do atleta nas conquistas do tradicional torneiro Roland Garros nos anos de 1997, 2000 e 2001, na França. Em 1996, a Diadora expande o mercado de atuação e passa a ser distribuída na América Latina. Em 1997 patrocina e veste seu primeiro clube de futebol no Brasil, o Ponte Preta, de Campinas SP.

2000 - Chuteiras Alexer 2000 - Diaora Heritage 2000 - Linha Heritage 2000 - One of eleven- uniforme 2003 - Palmeiras 2003 Sport Clube Coritiba 2005 - Esporte Clube Bahia 2006 - Roy Keane 2009 - Diadora 80

2000 – Os anos 2000 são marcados, em todo o mundo, pela expansão das grandes marcas e suas parcerias com todos os tipos de esportes; contudo, a década também é marcada pela disseminação do conceito sportswear de luxo, que mescla esportivo e o casual. Nos primeiros anos, a Diadora lança a linha Heritage, destinada a se tornar um verdadeiro fenômeno cultural. Em 2002, é a vez do futebol ganhar novos modelos, e a linha de chuteiras Axeler é desenvolvida pela Universidade Politécnica de Milão, projetada para evitar lesões e garantir maior velocidade aos atletas. Além disso, também foi desenvolvido um uniforme à prova de falsificação, batizado de “One of eleven” (“um de onze”) – os símbolos gravados na manga da camisa mudavam de cor quando o corpo do atleta atingia a temperatura de 35º C. Em 2003, a Diadora patrocina o time brasileiro de futebol Palmeiras. No ano de 2005 é a vez do Clube Atlético Mineiro e Esporte Clube Bahia serem agraciados com o patrocínio da marca. Os times brasileiros de futebol Coritiba Foot Ball Club e Ponte Preta voltam a contar com o apoio da marca em 2006. Neste mesmo ano, o craque do futebol europeu, Roy Keane, usa Diadora. Em 2009, a marca italiana de calçados GEOX, patrocinadora da Red Bull Racing e adorada por personalidades como Angelina Jolie e Paul McCartney, adquire a marca Diadora.

Os anos 2000 foram marcados ainda pelo lançamento de inúmeras linhas de tênis, camisetas, bermudas, calças e bonés, com destaque para a FUN 97, uma releitura do clássico uniforme azul e amarelo usado por Guga em 1997 no torneio de Roland Garros; pelo lançamento da linha de tênis DIADORA 1980, com identidade exclusiva e um visual baseado no clássico old school – uma releitura de modelos originados pela marca para a prática de basquete na nostálgica década de 1980 e que fizeram sucesso nos pés de grandes personalidades do cenário esportivo da época.

2010 - NET BREATHING SYSTEM 2010 -1 NET BREATHING SYSTEM 2012 Diadora em 80 paises

2010 – A partir de 2010 começa a jornada de renovação da Diadora, focada em fatores que ao longo dos anos foram referência de crescimento e qualidade no mercado esportivo. A tecnologia NET BREATHING SYSTEM – uma membrana localizada na sola do tênis permite que o pé respire é introduzida nos tênis Diadora.

Neste mesmo ano ocorre o lançamento do DIADORA ORBITAL, um tênis de corrida ideal para os apaixonados por esse esporte. Além do design italiano que garante estilo ao modelo, ele é extremamente confortável e atende as reais necessidades dos corredores. O DIADORA AROS SETTER W é lançado em 2011. Indicado para prática de corrida, seu desgin moderno garante um alto desempenho. Em 2012 a marca está presente em mais de 80 países.

2013 - Dilly Sport - Brasil 2014 - Katy Perry 2014

2013 – O ano de 2013 é marcado pela volta da Diadora ao Brasil, através da empresa Dilly Sports. Com produtos exclusivos para linha running e tennis, a parceria traz ao mercado brasileiro a tecnologia Net Breathing System. Em 2014, amplia a gama de produtos com a etiqueta da marca Diadora no Brasil, produzindo uma exclusiva linha de confecção, com produtos que atendem os segmentos de running, tennis, training/fitness e lifestyle. Neste mesmo ano, a Diadora é usada por artistas como Jay Z e Katy Perry.

2015 – Diadora Brasil lança a linha de tênis casual e a linha Kids, com calçados para o público infantil, ampliando seu mercado de atuação no país.